fbpx

Autoridades chinesas prendem usuário do ChatGPT por gerar notícias falsas

Autoridades chinesas prendem usuário do ChatGPT por gerar notícias falsas
Autoridades chinesas prendem usuário do ChatGPT por gerar notícias falsas

Continua após a publicidade


Autoridades chinesas prendem usuário do ChatGPT por gerar notícias falsas

De acordo com autoridades chinesas, o suspeito usou o chatbot da OpenAI para criar múltiplas variações de uma história de notícia falsa relatando erroneamente um acidente de trem fatal.

As autoridades chinesas detiveram um homem na província de Gansu, no norte da China, por supostamente usar o ChatGPT para escrever artigos de notícias falsas. A ação parece ser uma das primeiras prisões realizadas sob as novas diretrizes anti-AI da China, que (entre outras restrições) proíbem o uso indevido de serviços de inteligência artificial para distribuir “informações falsas”.

O suspeito

O suspeito, identificado apenas pelo sobrenome Hong, é acusado de usar o chatbot da OpenAI para gerar artigos de notícias descrevendo um acidente de trem fatal que autoridades afirmam ser “informação falsa”, de acordo com um comunicado policial relatado pelo South China Morning Post.

Após descobrir o artigo em 25 de abril, as autoridades descobriram que várias versões da mesma história, com diferentes locais de acidente, haviam sido postadas simultaneamente em 20 contas adicionais na plataforma de blog Baijiahao, de propriedade da Baidu.

Homem usava ChatGPT para reescrever artigos e ganhar dinheiro

Hong afirmou que estava usando o ChatGPT para reescrever artigos e gerar dinheiro por meio do tráfego na internet. As autoridades de Gansu rastrearam os artigos até uma empresa independente operada por Hong que administra vários meios de comunicação tipo blog. No comunicado, a polícia local afirma que Hong admitiu usar o ChatGPT para reescrever artigos de notícias virais existentes para evitar filtros de conteúdo duplicado e, em seguida, postá-los online depois que seus amigos lhe mostraram como gerar dinheiro por meio do tráfego na internet.

Os artigos falsos foram visualizados mais de 15.000 vezes antes de serem removidos. A China é um dos poucos países que bloqueou o acesso ao ChatGPT, mas os residentes podem contornar essas restrições usando uma conexão VPN.

Leia também: Como ganhar dinheiro com ChatGPT? – Sem Enrolação

Homem é acusado de causar brigas

Hong foi especificamente acusado de “causar brigas e provocar problemas” – uma ofensa genérica que, segundo o South China Morning Post, pode ser aplicada a suspeitos acusados de criar e / ou espalhar desinformação online.

No entanto, essa não é a única aplicação da acusação, que também pode ser amplamente definida como minar a ordem pública ou causar desordem em locais públicos. A redação da ofensa é vaga e tem sido amplamente criticada por seu potencial de sufocar a liberdade de expressão e prender ativistas que criticam o governo chinês. Os acusados podem enfrentar uma pena de cinco a dez anos de prisão.

Publicidade


Sem Enrolação
Sem Enrolação

Conteúdo com dicas de tecnologia rápidas e diretas ao ponto!

Artigos: 235

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *